Maurílio Arruda se encontrava foragido da Justiça é preso pela PF

                                    foto arquivo
A Polícia Federal de Montes Claros prendeu no fim da tarde desta quarta-feira (09/08) o ex-prefeito de Januária Maurílio Neris de Andrade Arruda.
Maurílio Arruda se encontrava foragido da Justiça. Contra ele havia um mandado de prisão preventiva expedido pela justiça estadual da Comarca de Januária.
O ex-prefeito ficou famoso quando, em 14/09/16, imagens de segurança registraram o momento em que fugiu de viatura da Polícia Federal em Montes Claros, durante a execução da operação Rua da Amargura.
De acordo com as investigações da época, laudos de engenharia atestaram a inexecução total de diversas obras de pavimentação, pagas com dinheiro público do município de Januária. Os envolvidos fraudavam processos licitatórios, direcionavam a contratação de obras, como pavimentação e drenagem de ruas, para uma empresa que também fazia parte do esquema criminoso.
Um empresário, que à época firmou acordo de cooperação premiada com a PF e o MPMG, contou que grande parte dos recursos destinados às obras era desviados pelo grupo criminoso, sendo que o ex-prefeito recebia parcela significativa da propina paga à quadrilha.
De acordo com o delegado Marcelo Freitas, o ex-prefeito foi preso no bairro Todos os Santos, nessa cidade, próximo a Procuradoria da República. Após submetido a exame de corpo delito, Maurílio Neris foi encaminhado ao presídio regional onde permanece à disposição da Justiça.
Ascom da PF