Quadrilha suspeita de furtar cerca de mil cabeças de gado em 15 cidades é presa

Quadrilha suspeita de furtar gado é presa na Grande BH (Foto: Raquel Freitas/G1)
Uma quadrilha suspeita de furtar cerca de mil cabeças de gado em 15 cidades mineiras foi presa, nesta sexta-feira (4), na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Civil, sete pessoas foram detidas e cerca de cem bois e de 20 búfalos foram recuperados. Dois frigoríficos foram fechados em Sarzedo e Ibirité.
O grupo começou a ser investigado depois que 70 cabeças de gado foram levadas de uma propriedade, localizada em Curvelo, na Região Central de Minas Gerais, há aproximadamente cinco meses. “A região de atuação deles parte desde a Região Metropolitana, passando por Curvelo e chegando a Governador Valadares, Fervedouro. Quer dizer, é um pedaço bastante grande do estado. É uma abrangência enorme que eles faziam essas negociações e praticavam os furtos”, afirmou o delegado titular da Delegacia de Curvelo, Diego Matos.
A operação nesta sexta-feira contou com cerca de cem policiais e apoio do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e da Vigilância Sanitária. De acordo com o delegado, seis mandados de prisão foram cumpridos em Betim, Contagem, Ibirité e Sarzedo. Um rapaz foi detido em flagrante por posse ilegal de armas.

Segundo o delegado, os presos têm entre 21 e 71 anos. De acordo com as investigações, o mais velho chegava a comprar gado licitamente para observar os locais e a qualidade do rebanho.(G1 GRANDE MINAS)
Cerca de 400 kg de carne foram apreendidos durante a operação na Grande BH (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Comentários